CENTRO DE APOIO E PROMOÇÃO DA AGROECOLOGIA

Notícias

Pronunciamento da Juventude do Maela Cone Sul

18-07-2018

Pronunciamento elaborado a partir do Encontro da Juventude do Maela Cone Sul que aconteceu entre os dias 11 e 14 de julho de 2018 em Foz do Iguaçu/Paraná/Brasil. Versões em Espanhol e Guarani do documento estão disponíveis para download no final da página.

Pronunciamento da Juventude do MAELA, Região Cone Sul

Foz do Iguaçu, 14 de julho de 2018

A juventude do continente americano está presente na luta dos povos comprometidos com as bases e princípios da agroecologia, com desejo de assumir os desafios atuais da defesa pela soberania alimentar dos povos, frente a uma visão holística e integral de saberes e modos de vida. 

Acreditamos fundamentalmente ser necessária a integração dos jovens, para reunir a visão de um maior número de companheiros e companheiras sobre como queremos contribuir na luta que vem ocorrendo há mais de duas décadas a partir do MAELA.

Conscientes do processo de mudanças e os novos desafios que permeiam a agroecologia como jovens do movimento MAELA, comprometidos com a luta e a identidade dos princípios que embasam a agroecologia, percebemos a necessidade de seguir articulando entre povos, nações, regiões e continente.

Trabalhamos a proposta com convicção e consciência. Refletimos sobre nossa participação e nos reconhecemos como um sector que representa a continuidade dessa rica história que se vem construindo em todo nosso continente. É a história de nossos povos que se revela constantemente e que representam a transformação deste querido planeta, casa grande de todos e todas formas e representações da vida e da existência.

Por tudo isso, concluímos que concentraremos nossa força e energia nos seguintes pontos:

• Fomentar a Integração de  mais jovens (garantindo um mínimo de  30%) nos distintos espaços de tomada de decisão do MAELA;

• Fomentar espaços de discussão e formação nas organizações de base para fortalecer o setor jovem e somar companheirxs ao coletivo;

• Estabelecer a comunicação interna entre os jovens através de canais autogeridos utilizando plataformas tipo “rede social”;

• Elaborar materiais para a difusão de experiências de lutas e vitórias protagonizadas pela juventude agroecológica;

• Formular estratégias que nos permitam incidir nos territórios a fim de promover políticas públicas que ajudem a gerir nossa permanência nos campos, mares, selvas, montanhas e desertos;

• Trabalhar fortemente para organizar um grande encontro da juventude do MAELA que reúna os mais diversos jovens de todo o continente

• Esforçarmo-nos na construção de nossa identidade agroecológica para visibilizar e fortalecer a conexão da juventude com a “Mãe Terra”;

• Promover a economia social e solidária e o consumo consciente entre os jovens do MAELA;

• Aprofundar os trabalhos de equidade de gênero;

• Reconhecer a nossas lideranças jovens que lutam diariamente por nossos direitos e convicções;

• Reconhecer e homenagear as lideranças que perderam a vida defendendo nossos sonhos, alçando nossas vozes e hoje nos marcam o caminho para o amor pela terra e pela vida.

Declaramos que este pronunciamento será replicado em português, espanhol e guarani, a fim de fortalecer a identidade cultural do Cone Sul.

Que as vozes da juventude nunca calem!


Texto: Juventude do Maela e equipe CAPA Verê

Clique aqui para acessar as versões em espanhol e Guarani